Ⱳеℓсσmе ϯσ Ϯне Ⱳϱʀʟᴆ ơf Ɖᴀʀƙɴϵᵴȿ

O Novo Mundo das Trevas

WikiWoD

Há muito tempo eu joguei no finado Antigo Mundo das Trevas, também conhecido por oWoD (old World of Darkness). Posso dizer que experimentei muito de seu cenário aterrorizante e daquela atmosfera Cyberpunk que eles alegavam ter. Bem, tudo isso é passado agora. Claro que existem aquelas pessoas que viverão no cemitério e ainda continuarão com o seu sistema favorito, mas convenhamos, uma grande empresa como a White Wolf tem capacidade e direito de reciclar os produtos obsoletos. Não que eu ache o oWoD ruim, pelo contrário, é um dos sistemas e cenário mais bem estruturados e interessantes em que já coloquei meus humildes olhos.
Muito embora eu não tenha lido todas as inovações que o Novo Mundo das Trevas trouxe, pelo que li e pesquisei, tudo indica que grandes melhoras foram conquistadas. Minha opinião aqui é parcial até eu terminar de ler e poder tirar minhas próprias conclusões, mas de um modo geral, se for realmente do jeito que ouvi que é, o nWoD tem tudo para dar uma boa briga com seu ancestral.

A atmosfera Punk-Gótica do oWoD foi substituída por uma atmosfera Punk-Moderna, onde as brigas políticas foram tiradas do enfoque e as relações sociais e a consciência passaram a ter um papel mais importante nas sessões. O que mais me chamou a atenção, no entanto, foi a preocupação que os editores da White Wolf tiveram em modificar toda a estrutura, tanto das regras quanto dos personagens, e mais, criar um novo background para ambientar cada um deles. O tom de nWod é outro, vou falar apenas do que já li, portanto alguma coisa de Forsaken e Requiem. Os Lobisomens não são mais aqueles Powerangers de Gaia, com seus caninos polidos e capa de pelos, não, agora eles estão ali por terem cometido um erro em seu passado, e não acham que estão errados, destituídos de sua casa no plano dos espíritos e renegados no plano físico por não se adequarem, eles querem sobreviver. No caso dos Vampiros, os antigos clãs foram diminuídos, não criando tantas restrições para seu morto-vivo. Sim, eles ainda bebem sangue e não gostam de luz, mas agora não são mais impedidos por uma máscara e uma sociedade ultra conservadora.
Ao meu ver, o nWoD, que embora não seja uma sequência direta de seu antecessor, brinca ironicamente com a história deste, satirizando abertamente, em alguns casos, o antigo Mundo.

Agora ao que interessa..

Ainda estou um pouco ocupado com o vestibular e outras coisinhas inúteis, mas pretendo terminar de ler o nWoD até o final do mês, portanto preparem-se, logo lobos e morcegos estarão soltos para voar pela cidade!

Pensei em ambientar o cenário em uma época “atual”, algo em torno de 2001~2002, portanto aqueles que gostam de campanhas medievais talvez se sintam infelizes a primeira vista. Mas prometo-vos que farei de tudo para deixar a campanha o mais divertida o possível, para todos os gostos. Não que isso seja muito.
O que acontece é que eu pedi que todos escolhessem entre Vampire: The Requiem e Werewolf: The Forsaken e metade preferiu vampiros enquanto a outra decidiu-se por lobisomens. Como o voto de vocês é igual e eu não posso votar, pensei bem e decidi usar tudo que o cenário oferece (inclusive, se você se sentir tentado por ser um simples mortal, caçador de bestas e alvo-de-todos be my guest), portanto, lobisomens, vampiros, magos não e todo o resto.

Uma grande vantagem de narrar em nWoD é que para os antigos jogadores será necessária apenas uma rápida adaptação de regras, e para os novos, elas não são tão complicadas de aprender. O novo sistema está mais ágil, recompensando uma boa narração e sem abandonar aquela ação brutal que todos gostam. Trocando em miúdos, o novo WoD está simples sem ser simplório.

Ʈɦϵ Ɲϵω Ⱳϱʀʟᴆ ơf Ɖᴀʀƙɴϵᵴȿ

zeneto